A história de Agnaldo Timóteo (1936-2021) vai ser contada por meio de uma biografia escrita pelo sobrinho dele, o DJ Timotinho. O livro, tem lançamento previsto para 2023 e promete entregar muitos babados dos bastidores, além de polêmicas e confusões.

Mais homenagens ao artista estão sendo programadas, inclusive, um museu.

Timotinho esteve presente em muitos momentos na carreira do tio e, por isso mesmo, optou por contar um pouco da trajetória do cantor, que morreu em 2021.

Ao “Domingo Espetacular”, nesse domingo (31), ele afirmou ter o aval de Keyty Evelyn Timóteo, filha de Agnaldo Timóteo. “Depois que o Timóteo veio a morrer, ela tem tido contato diariamente comigo. Falei da ideia do livro e ela disse: ‘se depender de mim, estou à disposição’”, garantiu.

A adolescente de 15 anos, no entanto, negou ter dado autorização ao sobrinho de seu pai para dar andamento a nenhum projeto.

“Ele tinha dito que tinha pedido a minha permissão, que eu tinha deixado, mas ele não entrou em contato comigo, não me ligou. Não falei com ele. Eu não dei autorização pra ele”, afirmou ela.

A obra deve narrar momentos de bastidores e que não são conhecidos do grande público.

Por ISTOÉ GENTE