O Ministério da Saúde divulgou nessa sexta-feira (27) uma nota técnica na qual recomenda a aplicação da dose de reforço (3ª aplicação) da vacina contra a Covid-19 para adolescentes de 12 a 17 anos.

Segundo o texto, no atual momento, “enfatiza-se a importância da vacinação completa uma vez que existe uma tendência a redução da efetividade das vacinas contra a Covid-19 com o passar do tempo, e por isso, deve-se utilizar os imunizantes disponíveis no país para garantir doses de reforço para todos os indivíduos elegíveis”.

A indicação da Saúde é para que a dose de reforço seja aplicada quatro meses após a segunda injeção – com a vacina da Pfizer, preferencialmente. Caso não haja disponibilidade, a Coronavac poderá ser usada.

De acordo com a pasta, a escolha do imunizante mais adequado para o reforço deve ser baseada em critérios imunológicos, eventos adversos, disponibilidade do imunizante e cenário epidemiológico.

Por CNN Brasil