O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de chuvas intensas, com classificação vermelha – de grande perigo – para 44 municípios do Litoral do Rio Grande do Norte, além de cidades da Paraíba. O aviso vale das 10h desta sexta-feira (27) até às 10h do sábado (28).

Outro alerta, também de chuvas intensas com classificação laranja – de perigo – abrange outras 72 cidades potiguares, das regiões Central e Oeste.

O estado poderá ter chuvas com mais de 100 milímetros e ventos acima de 100 km por hora, de acordo com o órgão.

Alerta vermelho

No alerta vermelho, o instituto apontou para possibilidade de chuvas com volume superior a 60 milímetros (mm) por hora ou mais que 100 mm por dia, além de ventos superiores a 100 km/h.

Também há “grande risco” de danos em edificações, corte de energia elétrica, de queda de árvores, descargas elétricas, alagamentos, enxurradas e “grandes transtornos no transporte rodoviário”, segundo o Inmet.

O instituto orientou que durante a chuva a população desligue aparelhos elétricos e o quadro geral de energia. Também recomentou que, em caso de enxurrada ou enchente, as pessoas coloquem seus documentos e objetos de valor em sacos plásticos.

“Em caso de situação de grande perigo confirmada: procure abrigo, evite permanecer ao ar livre”, informou o órgão.

Veja municípios em alerta vermelho

  1. Arês
  2. Baía Formosa
  3. Bento Fernandes
  4. Bom Jesus
  5. Brejinho
  6. Canguaretama
  7. Ceará-Mirim
  8. Espírito Santo
  9. Extremoz
  10. Goianinha
  11. Ielmo Marinho
  12. Januário Cicco
  13. Jundiá
  14. Lagoa de Pedras
  15. Lagoa Salgada
  16. Macaíba
  17. Maxaranguape
  18. Montanhas
  19. Monte Alegre
  20. Natal
  21. Nísia Floresta
  22. Nova Cruz
  23. Parnamirim
  24. Passagem
  25. Pedro Velho
  26. Poço Branco
  27. Pureza
  28. Rio do Fogo
  29. Santa Maria
  30. Santo Antônio
  31. São Gonçalo do Amarante
  32. São José de Mipibu
  33. São Miguel do Gostoso
  34. São Pedro
  35. Senador Elói de Souza
  36. Senador Georgino Avelino
  37. Serra Caiada
  38. Serrinha
  39. Taipu
  40. Tibau do Sul
  41. Touros
  42. Várzea
  43. Vera Cruz
  44. Vila Flor

Alerta laranja

Para as cidades em alerta laranja, o Inmet apontou uma previsão de chuvas de 30 a 60 mm por hora, ou ainda de 50 a 100 mm por dia, além de ventos intensos, entre 60 e 100 km/h.

Ainda há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

“Em caso de rajadas de vento: não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia”, recomendou também o Inmet.

O órgão instruiu a população a procurar a Defesa Civil pelo telefone 199, ou o Corpo de Bombeiros, pelo 193, em caso de perigo.

Municípios em alerta laranja

  1. Açu
  2. Afonso Bezerra
  3. Alto do Rodrigues
  4. Angicos
  5. Areia Branca
  6. Baraúna
  7. Barcelona
  8. Bento Fernandes
  9. Bodó
  10. Bom Jesus
  11. Caiçara do Norte
  12. Caiçara do Rio do Vento
  13. Campo Redondo
  14. Carnaubais
  15. Cerro Corá
  16. Coronel Ezequiel
  17. Currais Novos
  18. Fernando Pedroza
  19. Galinhos
  20. Governador Dix-Sept Rosado
  21. Grossos
  22. Guamaré
  23. Ipanguaçu
  24. Itajá
  25. Jaçanã
  26. Jandaíra
  27. Januário Cicco
  28. Japi
  29. Jardim de Angicos
  30. João Câmara
  31. Lagoa d’Anta
  32. Lagoa de Velhos
  33. Lagoa Nova
  34. Lajes
  35. Lajes Pintadas
  36. Macau
  37. Monte das Gameleiras
  38. Mossoró
  39. Nova Cruz
  40. Parazinho
  41. Passa e Fica
  42. Pedra Grande
  43. Pedra Preta
  44. Pedro Avelino
  45. Pendências
  46. Poço Branco
  47. Porto do Mangue
  48. Pureza
  49. Riachuelo
  50. Ruy Barbosa
  51. Santa Cruz
  52. Santa Maria
  53. Santana do Matos
  54. Santo Antônio
  55. São Bento do Norte
  56. São Bento do Trairí
  57. São José do Campestre
  58. São Miguel do Gostoso
  59. São Paulo do Potengi
  60. São Pedro
  61. São Rafael
  62. São Tomé
  63. Senador Elói de Souza
  64. Serra Caiada
  65. Serra de São Bento
  66. Serra do Mel
  67. Serrinha
  68. Sítio Novo
  69. Tangará
  70. Tibau
  71. Touros
  72. Upanema

Por g1