Paulo Cupertino, acusado de assassinar o ator Rafael Miguel em 2019, foi preso nesta segunda-feira (16). Segundo o G1, a polícia recebeu a informação que ele estaria em São Paulo e realizou a busca. Cupertino também é acusado pela morte dos pais do ator, João Alcisio Miguel e Miriam Selma Miguel.

Rafael, que participou do remake de Chiquititas, e os pais foram assassinados em junho de 2019 por Cupertino. Segundo foi divulgado, ele não teria aceitado o relacionamento entre sua filha e Rafael. O acusado estava foragido desde o dia do crime. Investigações apontaram que ele estava usando RG falso.

Por ISTOÉ GENTE