Marília Gabriela entrou com um processo judicial contra o Paris 6, estabelecimento do qual é investidora. Segundo informações obtidas pelo colunista Leo Dias, a jornalista quer reaver cerca de um milhão de reais que ela e os filhos investiram na rede de restaurantes.

Procurado pela coluna, Isaac Azar, dono e fundador da empresa, disse ter ficado surpreso ao receber a ligação dos advogados de Marília, e lamentou que toda a situação esteja sendo resolvida dessa forma. 

– Tinha Gabi como uma irmã mais velha. Durante a pandemia mandava comida para casa da Gabi, me preocupava, sempre fui amigo. Fiquei muito triste.

– No meio da pandemia foi um golpe grande. Não existiu sumiço de um milhão como disseram. Eles vão receber ou em abril ou em maio.

Versão de Marília 

Após a divulgação da notícia, os advogados de Marília ficaram surpresos que o assunto tenha chegado até a imprensa. Em declaração para o colunista, uma das profissionais explica:

Existe uma ação judicial para apresentação de documentos com pedido nosso de segredo de Justiça. Por esse motivo, vamos aguardar a decisão judicial para então fazermos qualquer comentário a respeito, conforme o caso. Nos causou muita surpresa esse assunto ter saído na imprensa. Desta forma, vamos respeitar o trâmite do processo e a privacidade da família Cochrane.

Por ESTRELANDO